Dia Internacional da Saúde e Nutrição amplia debate sobre a importância de cultivar bons hábitos para levar uma vida com bem-estar

Não ir tarde para a cama, dormir no mínimo 8 horas por dia, fazer atividades físicas e se alimentar de modo balanceado. Essas práticas estão muito distantes da sua realidade? Com a proposta de aproximar a população de hábitos mais saudáveis, o Dia Internacional da Saúde e Nutrição é celebrado em 31 de março.

A data é uma oportunidade para governos e instituições conscientizarem a todos sobre a importância de cuidar do corpo e da mente, uma simples ação que pode ser sua grande aliada durante toda a vida.

Confira abaixo algumas dicas para ser mais saudável e viver melhor!

 

Nutrição que vem de berço

Uma boa alimentação começa desde cedo, ao nascimento, com o aleitamento materno exclusivo até os 6 meses de vida. O Ministério da Saúde indica que, após essa fase, a amamentação poderá ser feita de maneira complementar até os 2 anos.

Muitos adultos com problemas de saúde foram crianças com má alimentação. Por isso, é fundamental ter os olhares voltados para o que é ingerido desde os primeiros anos de vida. Afinal, os hábitos alimentares de hoje, se cultivados a longo prazo, podem impactar positivamente ou negativamente a saúde no futuro.

De olho no cardápio

Reduzir a ingestão de sal e açúcar é um compromisso coletivo. O consumo desses alimentos em excesso pode trazer sérios danos à saúde.

O governo brasileiro oferece gratuitamente o Guia Alimentar para a População Brasileira, que conta com as primeiras diretrizes alimentares oficiais para a nossa população. Acesse aqui o Guia Alimentar.    

O Guia promove a alimentação adequada e saudável, reforçando que para se nutrir bem é preciso ter uma dieta regular e equilibrada, buscando sempre montar um prato rico com os nutrientes necessários para o organismo.

Atividades físicas fazem a diferença

Sozinha, uma dieta equilibrada não surte tanto efeito. Para uma equação de sucesso, os exercícios também são indispensáveis. Crie o hábito de fazer atividades físicas regulares, ao menos três vezes na semana, após a avaliação de um profissional.

Se exercitar melhora o condicionamento físico, pode evitar diversos fatores de risco, como a obesidade, e ajuda a controlar a hipertensão arterial, alteração nos níveis de glicose e colesterol.

Sem descuidar durante a velhice

Chegou na melhor idade? Não é o momento de abrir mão dos cuidados cultivados durante uma vida inteira. Ao passar dos 60 anos, é ainda mais importante manter os bons hábitos.

Siga atento ao cardápio, optando sempre que possível, por alimentos in natura e evitando os industrializados e gordurosos. Continue praticando atividades físicas e, regularmente, consulte um médico para acompanhar seu quadro de saúde. Assim, você vive mais e melhor.

Fontes:

https://bvsms.saude.gov.br/31-3-dia-da-saude-e-da-nutricao/

Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no site. Ao utilizar o www.eletrossaude.com.br você estará de acordo com os critérios de monitoramento dos cookies. Para ter mais informações como isso é feito, acesse a Política de Privacidade. Se você concorda, clique em ACEITO.

Todos os direitos reservados © 2016.
Agência Nacional de Saúde Suplementar ANS - N° 31390-4