Evitar acidentes de trânsito é cuidar de si!

Quando falamos de cuidado com a saúde, costumamos ressaltar a importância de uma alimentação balanceada e da prática de exercícios físicos. Porém, cuidar da saúde também deve incluir a prevenção de acidentes de trânsito.

No Brasil, a média de óbitos em acidentes de trânsito é de 34 mil por ano, o que equivale a uma morte a cada 15 minutos. Além disso, eles também geram despesas aos cofres públicos: anualmente, são gastos em média 50 bilhões de reais com saúde, indenizações e previdência.

Este mês, há a campanha “Maio Amarelo”, que tem como objetivo alertar a todos sobre a importância da prudência quando circulamos pelas vias públicas. Existem pequenas atitudes que podemos tomar para preservar nossa vida e daqueles com quem dividimos os espaços.

O que motoristas podem fazer para evitar acidentes de trânsito?

Faça a manutenção do seu veículo: problemas mecânicos e estruturais podem ameaçar a sua segurança. Troque o óleo e os pneus regularmente e faça visitas à sua oficina de confiança para manter seu veículo em boas condições;
Use cinto de segurança: mesmo em percursos curtos é fundamental que tanto motorista como passageiros usem o cinto. Ele reduz em 70% das lesões em caso de acidentes;
Mantenha os retrovisores na posição correta: ao entrar no carro é importante ajustar a posição dos espelhos e verificar que não há nada bloqueando sua visão. São eles que te dão um panorama geral do que acontece ao seu redor e podem ser decisivos para evitar perigos;
Concentre-se na direção: Evite o uso de aparelhos eletrônicos ou outras distrações. No trânsito, tudo muda rapidamente e é preciso estar alerta;
Mantenha as duas mãos no volante: segurar o volante com as duas mãos garante que você tenha agilidade para virá-lo rapidamente caso surja algum perigo e dá maior estabilidade para guiar e fazer curvas;
Não dirija embriagado: se tiver consumido bebidas alcoólicas ou medicações que prejudiquem a coordenação motora não conduza um veículo. O mesmo é válido para quando se está com sono. A sonolência impacta nossos reflexos que precisam estar afiados quando estamos ao volante;
Respeite a sinalização e os limites de velocidade: as regras de trânsito existem para serem cumpridas. Desrespeitá-las, por mais seguro que pareça, é colocar a todos em risco.

O que pedestres podem fazer para evitar acidentes de trânsito?

Atravessar vias na faixa de pedestre ou passarelas: respeite o local designado para a travessia, pois ele é escolhido para garantir a sua segurança;
Caminhar na calçada: pedestres que caminham na via, além de atrapalharem a circulação de veículos, também podem causar acidentes graves;
Ter atenção ao entorno: evite usar o celular enquanto caminha nas ruas e olhe ao seu redor para identificar perigos e poder escapar deles;
Não usar fones de ouvido: eles podem te impedir de ouvir sons, como buzinas, que te alertam quando há algum risco;
Se certificar que está sendo visto pelos motoristas: nunca atravesse a via sem ter a certeza de que o motorista está ciente da sua presença.

Essas são algumas recomendações que ajudam a reduzir o número de acidentes e garantir que você circule pelas ruas com mais segurança.

Lembre-se: transitar com responsabilidade é cuidar de si e de todos que habitam ao seu redor.

Seja prudente!


Fontes:
https://mobilidade.estadao.com.br/mobilidade-com-seguranca/mortes-no-transito-brasileiro-mata-1-pessoa-a-cada-15-minutos/

https://maioamarelo.com/

https://www.detran.ms.gov.br/no-dia-do-pedestre-detran-da-dicas-para-evitar-acidentes/

http://www.viasseguras.com/documentos/arquivos/denatran_manual_de_direcao_defensiva_maio_2005

Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no site. Ao utilizar o www.eletrossaude.com.br você estará de acordo com os critérios de monitoramento dos cookies. Para ter mais informações como isso é feito, acesse a Política de Privacidade. Se você concorda, clique em ACEITO.

Todos os direitos reservados © 2016.
Agência Nacional de Saúde Suplementar ANS - N° 31390-4