De olho na saúde das crianças: 3 de junho, Dia da Conscientização contra a Obesidade Mórbida Infantil

02 de junho de 2022 - 11:01

Cuidar da saúde é um hábito que começa em casa e deve servir de exemplo para as crianças. No dia 3 de junho é celebrado o Dia da Conscientização contra a Obesidade Mórbida Infantil, que  busca informar às famílias e a sociedade em geral, alertando cidadãos e instituições para os riscos e cuidados necessários no combate à obesidade infantil.

Para saber o que é a obesidade mórbida em crianças, como identificá-la e o que pode ser feito para tratá-la, acompanhe o artigo!

O que é a obesidade mórbida infantil?

A obesidade infantil é uma condição multifatorial, identificada quando uma criança tem seu peso 30% maior que o desejável para sua idade. Quando o peso está 25% acima do recomendado, a criança tem o que os médicos chamam de sobrepeso. Ambos os casos contribuem para o surgimento de doenças futuras.

Como surge?

Diversos fatores levam ao aumento de peso da criança. Segundo o Ministério da Saúde, um dos principais agravantes é que, ao invés de estarem ingerindo alimentos saudáveis, as crianças estão começando a consumir produtos ultraprocessados cada vez mais cedo.

Esses alimentos, ricos em gordura, carboidratos, sal, açúcar e corantes, acumulam-se no organismo e aumentam o peso. A má alimentação, aliada ao sedentarismo, tem papel decisivo para o desenvolvimento da obesidade, pois o que é ingerido não é gasto em atividades físicas.

O corpo armazena a gordura proveniente dessa classe de alimentos não saudáveis, e a criança pode começar a apresentar diabetes, dificuldades respiratórias, doenças cardiovasculares, hipertensão, entre outras doenças, além dos impactos psicológicos, como baixa autoestima e transtornos alimentares.

O papel da família

A família tem função fundamental no enfrentamento à obesidade infantil, já que parte dos fatores de risco estão relacionados à condição nutricional materna ou são vistos no começo da vida do bebê. São eles:

  • Índice de massa corporal pré-gestacional
  • Ganho de peso durante a gestação
  • Baixo ou elevado peso ao nascer
  • Ganho de peso exagerado nos primeiros anos de vida 
  • Não realização do aleitamento materno
  • Introdução precoce de alimentos complementares

Cabe aos familiares identificar essas situações e buscar o acompanhamento de um especialista para que não haja impacto na saúde do bebê.

O desenvolvimento e o estado nutricional das crianças e adolescentes podem ser avaliados por indicadores como peso e idade, altura e idade, peso e altura e Índice de Massa Corporal (IMC) e idade. É possível calcular o IMC aqui.  Porém, nenhum desses critérios deve ser considerado isoladamente para estabelecer um parecer definitivo sobre a saúde da criança. A opinião de um profissional é sempre indispensável para ter um diagnóstico nutricional preciso.

Dicas para melhorar os hábitos das crianças

Para combater a obesidade infantil e outras condições, os familiares podem limitar o tempo de tela (TV, videogame, celular e demais dispositivos eletrônicos) e estimular a realização de exercícios físicos e brincadeiras ao ar livre. É importante fazer a associação de atividades que estimulam o movimento corporal à diversão e lazer, e não a uma obrigação.

Reformular o cardápio também é uma estratégia eficaz, mas é válido destacar que o principal exemplo vem de casa. As crianças se espelham nos pais e responsáveis, portanto, não adianta querer mudar os hábitos alimentares dos pequenos sem repensar a própria alimentação.

Para um plano alimentar personalizado e tratamento da obesidade mórbida infantil, procure um médico.

Continue acompanhando as novidades da Eletros-Saúde para ficar por dentro de temas relacionados à saúde, dicas para uma vida saudável e muito mais!

Fontes:

https://sp.unifesp.br/epe/desm/noticias/obesidade-infantil-2021#:~:text=Com%20o%20intuito%20de%20alertar,contra

%20a%20Obesidade%

20M%C3%B3rbida%20Infantil.

 https://portal.fiocruz.br/noticia/conscientizacao-contra-obesidade-morbida-infantil    

Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no site. Ao utilizar o www.eletrossaude.com.br você estará de acordo com os critérios de monitoramento dos cookies. Para ter mais informações como isso é feito, acesse a Política de Privacidade. Se você concorda, clique em ACEITO.

Todos os direitos reservados © 2016.
Agência Nacional de Saúde Suplementar ANS - N° 31390-4