Dia Mundial do Coração: a prevenção é a chave para manter a saúde cardiovascular

29 de setembro de 2021 - 12:09

Pensado em alertar a população sobre os riscos de doenças cardiovasculares, o Dia Mundial do Coração foi instituído pela Federação Mundial do Coração no dia 29 de setembro.

As doenças cardíacas, sobretudo a Hipertensão Arterial, também conhecida como ‘pressão alta’, podem ser silenciosas, não possuindo sintomas que as identifique.

Por este motivo, o combate às doenças cardiovasculares precisa de campanhas e maior visibilidade, alertando sobre os perigos de se negligenciar a saúde do coração.

Infarto agudo do miocárdio

Conhecido popularmente como ‘ataque do coração’, o infarto agudo do miocárdio é a maior causa de mortes em todo o mundo.

Apenas no Brasil, cerca de 300 mil pessoas são acometidas todos os anos, com óbitos que chegam a 30% do total de casos.

Silencioso, o infarto não dá indícios prévios, e os sintomas, quando surgem, aparecem cerca de poucos minutos antes do quadro se agravar.

Alguns deles podem surgir como:

  • Dor aguda no peito, por mais de 20 minutos e que pode se irradiar para pescoço, costas, braço ou ombro
  • Queimação, aperto no peito e formigamento no braço
  • Náuseas e/ou vômito
  • Sudorese e suor frio
  • Falta de ar
  • Tontura e/ou desmaio

Em casos de suspeita de infarto, providências devem ser tomadas imediatamente. A recomendação é que a pessoa seja mantida em repouso e levada imediatamente para o pronto-socorro.

O pronto atendimento reduz o risco de sequelas e aumenta as chances de recuperação do indivíduo.

Hipertensão Arterial

Também silenciosa, a hipertensão pode atingir pessoas de todas as idades, e é agravada por fatores genéticos e pelo estresse.

Além de representar um problema por si só, ela ainda é responsável por outras doenças cardíacas como infartos e AVCs (acidente vascular cerebral).

Estima-se que haja cerca de 30 milhões de pessoas hipertensas no Brasil, e que metade delas nem suspeite do problema.

Estilo de vida e prevenção

A maior parte das doenças cardíacas podem ser evitadas ou proteladas com algumas mudanças de hábitos e de estilo de vida.

Nos casos de hipertensão, é importante estar alerta a respeito de casos familiares, já que a genética é um dos principais fatores de desenvolvimento da doença.

Evitar hábitos como sedentarismo, tabagismo e situações constantes de estresse, também pode fazer muito pelo seu coração.

Listamos alguns hábitos que podem ajudá-lo a manter a saúde do coração em dia:

  • Dê preferência a alimentos frescos e não processados
  • Insira vegetais, frutas e legumes em sua dieta
  • Faça atividades físicas regularmente
  • Evite a ingestão exagerada de sal e açúcar
  • Visite o cardiologista anualmente e realize os exames de rotina
  • Verifique sua pressão com regularidade
  • Procure maneiras de lidar melhor com o estresse do dia a dia

Implemente no seu dia a dia pequenas atitudes que podem se tornar hábitos, e que vão melhorar a saúde de um dos órgãos mais importantes do seu corpo.

Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no site. Ao utilizar o www.eletrossaude.com.br você estará de acordo com os critérios de monitoramento dos cookies. Para ter mais informações como isso é feito, acesse a Política de Privacidade. Se você concorda, clique em ACEITO.

Todos os direitos reservados © 2016.
Agência Nacional de Saúde Suplementar ANS - N° 31390-4