09 de junho - Dia da Imunização

09 de junho de 2021 - 08:32

Todos temos aguardado ansiosamente pela vacinação contra o Coronavírus. Mas você está em dia com a rotina de imunização contra outras doenças?

Agora, mais do que nunca, é muito importante que adultos e crianças se vacinem, mesmo diante desse cenário de pandemia. É melhor prevenir as doenças do que tratá-las e a maneira mais eficaz de prevenção é a vacinação.

Afinal, o sistema de saúde já está sobrecarregado por conta da pandemia e pode ser difícil conseguir atendimento adequado, mesmo na rede particular.

As vacinas são seguras, apesar causar algumas reações adversas, mas geralmente são leves e por curto período. Estimulam o sistema imunológico a produzir anticorpos contra bactérias ou vírus, deixando assim o indivíduo imunizado.

Não devemos interromper a rotina de vacinação

A interrupção da vacinação, mesmo que por um breve período, pode aumentar a probabilidade de surtos e o número de indivíduos suscetíveis à graves doenças imunopreveníveis como por exemplo o sarampo, meningite, pneumonia, coqueluche e outras.

Quanto maior o número de pessoas imunizadas, menor as chances da doença não se desenvolver e menor o índice de contágio. Doenças já foram erradicadas com a vacinação da população.

Como age a vacina

Fabricadas com o agente patogênico, vivo, morto ou enfraquecido, ou as vezes com fragmentos deles ou seus derivados, que introduzido no organismo estimula a produção de anticorpos pelo sistema imune, desenvolvendo a chamada “memória imunológica”.

Assim, se o indivíduo for infectado com o agente patogênico, produzirá uma resposta imunológica de forma mais rápida para destruí-lo.

Calendários de vacinação

O Calendário Nacional de Vacinação inclui vacinas para crianças, adolescentes, adultos, idosos e gestantes. Cada faixa etária tem seu calendário de vacinas específicas que ficam disponíveis o ano todo, fora o período de campanhas, com exceção da Influenza.

Neste momento, além da vacinação contra a COVID-19, também está em andamento a campanha de vacinação contra a gripe.

O indicado é tomá-la pelo menos 14 dias após a vacina contra COVID-19.

Verifique o calendário nacional de vacinação aqui: https://portalarquivos.saude.gov.br/campanhas/pni/

Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no site. Ao utilizar o www.eletrossaude.com.br você estará de acordo com os critérios de monitoramento dos cookies. Para ter mais informações como isso é feito, acesse a Política de Privacidade. Se você concorda, clique em ACEITO.

Todos os direitos reservados © 2016.
Agência Nacional de Saúde Suplementar ANS - N° 31390-4