Eletros-Saúde apoia a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe e operacionaliza ação em suas patrocinadoras.

 

Começou dia 10, e segue até o dia 31 de maio, a 21ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe (influenza) que deve levar 58 milhões de pessoas aos postos de vacinação em todo o país. As gestantes e crianças, grupos mais vulneráveis às complicações causadas pela influenza, serão priorizadas até 18 de abril. Neste ano, a faixa-etária do público infantil foi ampliada, de até 5 anos para até menores de 6 anos, incluindo 2,8 milhões de crianças na campanha.

A partir do dia 22 de abril, a vacinação se estenderá também aos demais públicos-alvo da campanha, que são: trabalhadores de saúde; povos indígenas; puérperas (mulheres até 45 dias após o parto); idosos (a partir dos 60 anos); professores, pessoas portadoras de doenças crônicas e outras categorias de risco clínico, população privada de liberdade, incluindo adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medida socioeducativa, e funcionários do sistema prisional, além das gestantes e crianças de seis meses a menores de seis anos (5 anos, 11 meses e 29 dias). O dia D de mobilização, em que postos de todo o Brasil estarão abertos, será no dia 4 de maio.

A meta do Ministério da Saúde é vacinar pelo menos 90% de cada um dos grupos prioritários. A escolha dos grupos que receberão a vacina segue recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS). Essa definição também é baseada em estudos epidemiológicos e no comportamento das infecções respiratórias, que têm como principal agente os vírus da gripe. Por isso, são priorizadas as populações com maior chance de complicações e óbitos por Síndrome Respiratória Aguda Grave.

Para atender todo o público, o Ministério da Saúde enviará aos estados 63,7 milhões de doses da vacina. Durante a campanha, estarão funcionando no país 41,8 mil postos de vacinação, com o envolvimento de 196,5 mil pessoas e a utilização de 21,5 mil veículos terrestres, marítimos e fluviais.

A vacina produzida para 2019 teve mudança em duas das três cepas que compõem o imunobiológico, e protege contra os três subtipos do vírus da gripe que mais circularam no último ano no Hemisfério Sul, de acordo com determinação da OMS: A/Michigan/45/2015 (H1N1) pdm09; A/Switzerland/8060/2017 (H3N2); B/Colorado/06/2017 (linhagem B/Victoria/2/87). A vacina contra gripe é segura e reduz as complicações que podem produzir casos graves da doença, internações e óbitos.

Se você faz parte de um dos públicos mencionados acima, procure a Unidade Básica de Saúde mais próxima e apresente o seu cartão de vacinação. Vale destacar a vacina não é indicada para crianças menores de seis meses e pessoas com alergia severa a ovo. Se você não faz parte dos grupos prioritários, mas tem interesse em se imunizar, também pode tomar a vacina, mas deve buscar a rede privada, onde o preço da dose varia entre R$ 80 e R$ 130.

Ciente do seu papel na prevenção de doenças e promoção da saúde e na redução do absenteísmo, o Eletros-Saúde operacionaliza campanhas de vacinação contra a gripe para empregados ativos de suas patrocinadoras. As ações acontecerão na Eletrobras, Cepel e Fundação Eletrobras de Seguridade Social, cujas datas, horas e locais serão informados pelas respectivas empresas.

Todos os direitos reservados © 2016.
Agência Nacional de Saúde Suplementar ANS - N° 31390-4